Resenha - O Mistério do Chocolate


“A cena que viu fez Hannah dar um pulo para trás e engolir em seco. Ron LaSalle, o herói local de futebol americano de Lake Eden, estava deitado de barriga para cima no banco do seu caminhão de entregas. Seu chapéu branco estava no chão, os pedidos da prancheta tinham sido espalhados pelo vento e um dos pacotes de cookies de Hannah estava aberto sobre o banco. Cookies de chocolate estavam espalhados por todo lado, e os olhos de Hannah se arregalaram quando ele percebeu que ele ainda tinha um de seus cookies na mão.”
Um suspense leve, divertido e delicioso. Sem dúvida são esses os melhores adjetivos para caracterizar O Mistério do Chocolate, primeiro livro da extensa série Hannah Swensen Mysteries. Tendo como base personagens carismáticos e um clima acolhedor que só as cidades pequenas possuem é fácil se deixar levar pela narrativa de Joanne Fluke. Definitivamente uma ótima pedida para quem procura algo descompromissado e, ao mesmo tempo, gostoso de ler.

Moradora da pequena e acolhedora cidade de Lake Eden e dona do Jarro de Cookies, Hannah Swensen leva uma vida normal e é feliz com isso. Seu empreendimento é um sucesso, toda a cidade parece se mover a base de seus deliciosos cookies, que servem até como suborno na hora de se livrar das multas de trânsito.

Entretanto, o impensável acontece quando Ron LaSalle é encontrado morto atrás da confeitaria de Hannah. E ela, sendo cunhado do investigador do caso, acaba se envolvendo na investigação do assassinato, sempre xeretando onde não deveria e se metendo em enormes enrascadas. E mesmo o mistério nem sendo tão misterioso assim é fácil se envolver devido ao carisma imenso de Hannah, que sempre faz o possível e impossível para chegar às respostas que procura.

Um dos segredos para apreciar a leitura de O Mistério do Chocolate é sem dúvida não levar o livro tão a sério, ele por si só não faz isso. O propósito dele e divertir e isso ele consegue fazer muito bem. A polícia da cidade, por exemplo, é uma verdadeira piada, para não dizer que são completos inúteis, mas isso não chegou a me incomodar em momento algum da leitura, pelo contrário.

O clima acolhedor de cidade pequena é um dos fatores que consegue nos prender a leitura do livro. Esse clima aconchegante é um diferencial ótimo para trama e funciona extremamente bem em conjunto com os personagens carismáticos presentes no livro, em especial, Hannah, protagonista por quem possuo uma enorme paixão, não só por causa de suas habilidades culinárias, mas também por seus cabelos ruivos. E Deus sabe como sou apaixonado por ruivas.

Outro diferencial são as receitas dos cookies de Hannah que encontramos do livro. Cada um parecendo mais delicioso que o outro, portanto, esse livro não é nem um pouco indicado para aqueles que estão de dieta! 

Em suma, O Mistério do Chocolate cumpre bem o seu propósito de entreter. Um livro sem grandes ambições, mas que justamente por isso consegue proporcionar momentos agradáveis e divertidos ao leitor em meio às investigações e confusões de sua protagonista. De fato, posso afirmar que a frase gravada na capa do livro não mente, este é sem dúvida um suspense de dar água na boca.

0 comentários:

Postar um comentário