Once Upon a Time...


Meu vício por séries é quase tão grande quanto o vício por livros, então hoje decidi falar sobre uma série que em pouco tempo se tornou uma das minhas favoritas, Once Upon a Time. Impressionante como a série que eu mais apostava que não fosse dar certo acabou se tornando uma das mais aguardadas da Fall Season 2012, afinal, antes da sua estreia, quem apostaria na série da filha perdida da Branca de Neve?!

Era uma vez uma série onde os contos de fadas eram reais. Branca de Neve, Chapeuzinho Vermelho, Príncipe Encantado e todos os outros personagens que conhecemos das histórias infantis viviam felizes para sempre no Reino de “Far Far Away”. Até que um dia, cansada de ver os finais felizes ao seu redor, a Rainha Má lançou uma terrível maldição sobre todos: esqueceriam tudo o que são e teriam que viver para sempre numa terra distante e sem magia. O nosso mundo!

Eu sei, a sinopse parece super bobinha, mas como eu disse, eu não dava nada por Once Upon a Time e a série acabou me conquistando desde o primeiro episódio. E se a primeira temporada já foi fantástica a segunda, que teve início na última segunda-feira, já começou maravilhosamente bem, prometendo muitas reviravoltas na sua trama, afinal, “Magic is Coming”.

E o mais interessante da serie é que em cada episódio a narrativa vai intercalando cenas do mundo real, onde os personagens não sabem quem são de verdade, e, por meios de flashbacks, cenas de “Far Far Away”, onde revisitamos as histórias que escutávamos quando crianças.

Outro grande acerto da série são os personagens que a compõem. É impossível não se encantar por cada um deles, tanto em sua versão no mundo real, quando na de “Far Far Away”. Até mesmo Regina, ou Rainha Má Megaevil, como preferir, consegue ganhar seu espaço em nossos corações.

Talvez o único pecado de Once Upon a Time esteja nos efeitos especiais que ainda deixam muito a desejar, mas que no fim nem chegam a atrapalhar verdadeiramente, pois a ótimo elenco e a trama interessante e muito bem amarrada faz com que nos esqueçamos disso. Mas admito, ainda fico impressionado como eles conseguem criar um dragão aceitável e errar na hora de fazer o chão.

E para terminar, confiram abaixo o trailer da 1º temporada de Once Upon a Time:

0 comentários:

Postar um comentário